26 de mar de 2012

Eduardo Devés participou de mesa redonda sobre acesso à informação


Na 4ªf passada, um grupo de pesquisadores ligados à Faculdade de Ciência da Informação da UnB promoveu uma mesa redonda (ver chamada aqui) sobre acesso à informação no âmbito de uma discussão mais ampla que é o movimento Internacional del Conocimiento, liderado pelo filósofo e historiador chileno Eduardo Devés, um dos mais prestigiados intelectuais latino-americanos da atualidade. A mesa, presidida pelo coordenador do Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação da UnB (PPGCINF), Prof. Dr. André Porto Ancona Lopez, contou ainda com as participações da Profa. Dra. Darcilene Sena Rezende, coordenadora do curso de Arquivologia da UnB, Gustavo Chauvet, diretor do Arquivo Público do Distrito Federal (ArPDF), Marcelo Stopanovsky, doutorando do PPGCINF e consultor jurídico, Érica Ribeiro, da Controladoria Geral da União e, do convidado de honra, Prof. Dr. Eduardo Devés.

Com um auditório praticamente tomado, com mais de 50 pessoas (ver fotos aqui), os temas discutidos abordaram a questão do acesso às informações em suas múltiplas e interdisciplinares facetas, tendo especial destaque o impacto que a recém aprovada Lei de Transparência brasileira poderá causar nos campos da cidadania, do direito, da academia e do mercado de trabalho do profissional da informação, entre outros aspectos. Após as falas o debate prosseguiu por quase uma hora, com uma plateia interessada e participativa. 

Para muitas das questões levantadas foi sugerido, dada a importância delas, que os autores as sistematizassem na forma de propostas de comunicação científica a serem submetidas à avaliação do simpósio "Acceso a la información: ciudadanía, derechos humanos y democracia", que integrará o "3º Congresso Internacional Ciencias, tecnologías y culturas", em janeiro de 2013, em Santiago do Chile. Os participantes da mesa têm  perticipação direta na organização de tais eventos: o professor Devés é o idealizador e coordenador do congresso internacional, enquanto que o professor Lopez coordenará, pela segunda vez o simpósio sobre acesso a informação no referido evento. A professora Rezende e o consultor Stopanovky fazem parte do rol de intelectuais que, à época da proposição do simpósio declararam seu comprometimento com o evento. A parceria do PPGCINF com a CGU na discussão de questões relacionadas à transparência data de evento feito por ocasião da aprovação da Lei de Transparência em 2011, com representante do IFAI-México (ver aqui). O ArPDF tem se aproximado cada vez mais dos curso de Graduação da UnB, na busca de realização de ações conjuntas que possam envolver os alunos.

O simpósio "Acceso a la información: ciudadanía, derechos humanos y democracia" também é coordenado pela Profa. Dra. Anna Szlejcher, da Argentina e pelos Profs. Drs. José Antonio Bojorquez e  Jorge Tlatelpa Meléndez, ambos do México, além do Prof. Lopez, da UnB e já foi divulgado por este blog aqui. A página oficial do simpósio pode ser vista aqui. e a página oficial do congresso internacional onde o simpósio será realizado pode ser consultada aqui.

Fotos por Kadidja Oliveira, reprodução sem fins comerciais autorizada desde que citada a fonte.

Nenhum comentário:

Postar um comentário