1 de nov de 2010

Simpósio 56 discutiu a Lei de Direitos autorais chilena


Através de uma ampla campanha da qual, entre diversas instituições, associações e ongs, participou o Colégio de Bibliotecários de Chile, foram conseguidas significativas modificações na lei chilena relativa aos direitos de autor, uma vez que a lei anterior punha na ilegalidade algumas das atividades cotidianas de profissionais bibliotecários, com desdobramentos a outros profissionais (arquivistas e museólogos, entre outros). 

Para acessar a nova versão da lei chilena sobre propriedade intelectual clique aqui.

Outros vídeos da campanha para obter uma lei com exceções e limitações para as bibliotecas chilenas estão disponíveis em:


Dados adaptados a partir de apresentação e informações de Paola Roncatti

Nenhum comentário:

Postar um comentário