4 de nov de 2012

Novos livros sobre Arquivologia

Recentemente foram lançados no Brasil dois livros que abordam assuntos relacionados ao ensino de Arquivologia:
  • Novas Dimensões da Pesquisa e do Ensino da Arquivologia no Brasil, organizado por Anna Carla Almeida Mariz, José Maria Jardim e Sérgio Conde de Albite Silva
  • Estudos Avançados em Arquivologia, organizado por Marta Lígia Pomim Valentim.
O livro Novas dimensões... é da Editora Móbile e parceria com a Associação dos Arquivistas do Estado do Rio de Janeiro. É produto das conferências e comunicações apresentadas na II Reunião Brasileira de Ensino e Pesquisa em Arquivologia, realizada entre 16 a 18 de novembro de 2011, no Rio de Janeiro. Os textos foram organizados em três partes que somam vinte e oito capítulos. A estrutura do livro, com seus quarenta e três autores, reflete o amplo panorama do que está sendo produzido em arquivologia no Brasil. A primeira parte, intitulada “A pesquisa em arquivologia e a construção do campo arquivístico no Brasil”, é constituída por sete capítulos, sendo dois deles produzidos por professores de universidades espanholas e os outros cinco por autores nacionais. Na segunda parte do livro, “O ensino da arquivologia”, oito capítulos abordam diferentes aspectos do ensino da arquivologia no Brasil, produzidos por professores, pesquisadores e estudantes de pós -graduação. A terceira parte, denominada de “Os arquivos e a arquivologia como objeto de pesquisa”, é composta por treze capítulos que apresentam estudos e resultados de pesquisas que tiveram os arquivos e a arquivologia como objeto de investigação. No momento em que a UNIRIO inicia o mestrado profissional em gestão de documentos e arquivos, o primeiro na área de arquivologia no Brasil, a publicação deste livro adquire um caráter ainda mais especial. Afinal, a proposta da pós -graduação stricto sensu em arquivologia deriva da mesma esfera de inquietudes e perspectivas que levaram à Reunião Brasileira de Ensino e Pesquisa em Arquivologia. Além da venda em eventos da área de Arquivologia e afins pela AAERJ, o livro será distribuído pela Editora Móbile para comercialização em livrarias de diversas cidades do país, especialmente aquelas onde se encontram cursos de Arquivologia.

Na opinião de Renato Sousa, o livro Estudos Avançados... "(...) é um passeio, ou melhor, um sobrevoo por questões que mexem com o coração das práticas arquivísticas. São tratados temas importantes para o que-fazer arquivístico: gestão de documentos,documentos imagéticos, avaliação, descrição, identificação e tipologia documental. Além disso, há textos que trabalham com a questão da pesquisa em arquivística, com a formação dos arquivistas e o diálogo fundamental entre as áreas que têm objetos de estudo com uma proximidade interessante. Percebe-se que os textos, apesar da diversidade de autores e de suas formações, têm uma linha em comum: buscam um aprofundamento científico no tratamento de suas temáticas. E é isso que tem feito à diferença dessa produção e é o que, acredito, impulsionará a área arquivística para outro patamar, permitindo, inclusive, a construção de novos paradigmas". A coletânea de textos que compõem o livro Estudos Avançados em Arquivologia apresenta quinze capítulos elaborados por dezesseis autores de instituições brasileiras, espanholas e portuguesas. O primeiro capítulo trata da gestão documental em ambientes empresariais; na sequência apresenta-se a avaliação de arquivos aplicando instrumentos de medição; o terceiro capítulo enfoca a fotografia como documento de arquivo; os paradigmas arquivísticos de investigação são tratados no quarto capítulo; a documentação imagética para a constituição da memória é enfocada no quinto capítulo; na sequência apresenta-se a grounded theory como método de investigação aplicado à Arquivologia; o sétimo capítulo apresenta uma reflexão sobre a pesquisa na área de Arquivologia destacando sua evolução; a importância da descrição arquivística para o posterior acesso e recuperação de documentos é destaque do oitavo capítulo; a formação do profissional arquivista no Brasil é tema do nono capítulo; na sequência a 'identificação' é apresentada como uma metodologia de pesquisa para o campo da Arquivologia; o décimo primeiro capítulo apresenta uma reflexão sobre o diálogo existente entre a Arquivologia, a Biblioteconomia, a Museologia e a Ciência da Informação; a tipologia documental como instrumento para a seriação de documentos é tema do décimo segundo capítulo; na sequência apresenta-se a mediação da informação no âmbito da Arquivologia; o décimo quarto capítulo apresenta uma reflexão sobre a aproximação conceitual da Arquivologia com a abordagem da gestão da informação e do conhecimento; o décimo quinto e último capítulo debate a relação entre a tipologia documental e o processo decisório. O livro está disponível em formato eletrônico (faça download aqui)  e físico (ver catálogo aqui).

Nenhum comentário:

Postar um comentário