24 de ago de 2010

Começa o XVI CBA

Clique na imagem para acessar o site do XVI CBA


Congresso Brasileiro de Arquivologia O Congresso Brasileiro de Arquivologia é realizado com regularidade desde 1972, visando promover o debate entre os profissionais da arquivologia e a integração na área. É um evento especializado que reúne pesquisadores, professores, arquivistas, profissionais de informação e dirigentes de entidades públicas e privadas em torno das principais questões da arquivologia e da gestão de instituições arquivísticas. Desde sua primeira edição, a AAB busca diversificar o local de realização do evento, para envolver de forma intensa os profissionais das diferentes regiões do país. Foi realizado no Rio de Janeiro (RJ), em 1972, 1976, 1979, 1996 e 2006; em São Paulo (SP), 1974 e 1994; em Brasília (DF), 1988; em Salvador (BA), 1990 e 2000; em Santa Maria (RS), 1992; em João Pessoa (PB), 1998; e em Goiânia (GO), 2008. Em 2010 será realizado em Santos (SP), uma cidade dedicada em conservar seu patrimônio cultural. Associação dos Arquivistas Brasileiros A Associação dos Arquivistas Brasileiros, fundada em 20 de outubro de 1971, é uma sociedade civil de direito privado, cultural, sem fins lucrativos, que tem como objetivos estimular o desenvolvimento da arquivologia no Brasil e promover a capacitação profissional e o saber do arquivista por meio da organização de eventos científicos. Trabalha em prol da implementação e aperfeiçoamento de políticas públicas arquivísticas, bem como da carreira do arquivista e do profissional de documentação e informação que atua nos arquivos. A Associação também presta assessorias e serviços profissionais na área da arquivologia, no âmbito da administração pública e privada, e mantém intercâmbio entre os profissionais e instituições da área no Brasil e no exterior. Publica a revista Arquivo & Administração desde 1972, com o propósito de constituir um espaço de difusão do saber arquivístico. Produzidos por profissionais de documentação e informação, seus artigos destacam-se na comunidade por apresentar não só a prática arquivística, mas também as mais distintas reflexões no campo teórico. Associação de Arquivistas de São Paulo A Associação de Arquivistas de São Paulo é sociedade civil de direito privado, de caráter científico, técnico e profissional, sem fins lucrativos. Foi criada em substituição ao Núcleo Regional da Associação dos Arquivistas Brasileiros (AAB-SP), extinto, juntamente com os demais núcleos regionais daquela entidade, em 28 de julho de 1998. Em 9 de outubro do mesmo ano, os sócios da AAB-SP, previamente convocados, reuniram-se em assembleia geral na sede do Arquivo do Estado de São Paulo, deliberando criar uma nova entidade – a Associação de Arquivistas de São Paulo (ARQ-SP). Na mesma ocasião, foi aprovado o estatuto da associação e eleita sua primeira diretoria. A ARQ-SP tem entre seus objetivos, no âmbito do Estado de São Paulo, contribuir para o desenvolvimento técnico e científico da arquivologia; congregar profissionais de arquivo e de áreas afins, defendendo seus interesses; e cooperar com entidades públicas e privadas, nacionais e estrangeiras, na solução de problemas relacionados a arquivos. Fundação Arquivo e Memória de Santos A Fundação Arquivo e Memória de Santos é uma instituição que trabalha, com o apoio da administração municipal, no gerenciamento dos arquivos públicos da Prefeitura de Santos e da memória documental e iconográfica da cidade, garantindo a salvaguarda, a preservação e a disseminação desse patrimônio. Criada em 15 de dezembro de 1995, pela lei complementar municipal nº 196, com o objetivo de "formular a política referente à memória não edificada e arquivo do município, orientando, incentivando e patrocinando atividades que visem a um maior acesso da população santista às informações do município" (inciso I, do artigo 3º), uma das grandes preocupações da instituição é resgatar e preservar a história e a memória santistas, apoiando, inclusive, projetos e iniciativas que contribuam para esse fim. Com tal objetivo realiza, também, periodicamente, cursos, roteiros, palestras e exposições fotográficas sobre patrimônio, arquivologia e gestão documental. Além disso, dois lugares de grande valor histórico estão sob sua responsabilidade: o Outeiro de Santa Catarina, marco da fundação da vila de Santos, que desde 1995 abriga a sede da fundação, e a Casa da Frontaria Azulejada.

Acesse aqui a página oficial do evento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário